Endocrinologista dá 4 dicas para compensar excessos nas festas de fim de ano

Para muitos, ganhar alguns quilos a mais é uma preocupação nesta época do ano. No entanto, é possível se alimentar sem culpa e compensar a fuga da dieta seguindo algumas dicas



Nos feriados de Natal e Ano Novo, muitas pessoas encontram amigos e parentes para celebrações com grande variedade de comida. Assim, cometer excessos na alimentação acaba sendo comum nas festas de fim de ano. 

Para muitos, ganhar alguns quilos a mais torna-se uma preocupação nesta época do ano. No entanto, é possível se alimentar sem culpa e compensar a fuga da dieta nos dias das comemorações.

“É natural do ser humano cometer alguns exageros. Precisamos parar de nos tratar como robôs. Então, caso tenha exagerado, não se culpe demasiadamente. Faça uma compensação”, diz o doutor em endocrinologia clínica Flavio Cadegiani.


Confira, abaixo, 4 dicas do especialista para compensar excessos cometidos nas festas de fim de ano:

1- Busque consumir alguma proteína na ceia

Segundo o endocrinologista, é importante consumir alguma fonte de proteína durante a ceia, em especial whey protein. “Há estudos preliminares em modelo animal que mostram que o consumo de whey pode ‘segurar um pouco’ o ganho de gordura”, revela.

“Hoje, a gente sabe que a ingestão de proteína está associada ao aumento da taxa metabólica basal e ao aumento da queima de gordura. Então, se a pessoa conseguir consumir uma dose de whey antes, durante ou logo depois da refeição, é preferível”, completa Cadegiani.

2- Jejum compensatório é alternativa para o dia seguinte

Flavio Cadegiani explica que é possível compensar a fuga da dieta tendo uma uma alimentação diferente no dia seguinte. Uma alternativa é fazer um jejum intermitente.

“Caso a pessoa tenha exagerado, hoje não é nenhum grande pecado fazer esse jejum compensatório”, afirma.

O jejum intermitente consiste em consumir todas as refeições do dia em um curto período e passar a maior parte do dia em jejum. Essas chamadas janelas alimentares – período que a pessoa está “liberada para comer” – podem durar seis, oito, 10 horas, por exemplo.

“Quando a pessoa exagera em uma refeição ela abastece principalmente o fígado e os músculos de açúcar na forma de glicogênio. Quando já está tudo abastecido, o que transborda é armazenado na gordura. Então, é quando a pessoa come pelo segundo dia seguido exageradamente que ela passa a ganhar mais gordura”, explica o médico.

3- Ingestão de fibras

Ingerir fontes de fibras, como hortaliças, legumes e alimentos integrais durante a refeição ajuda a aumentar a saciedade.

“Então, consumir alimentos com fibras é uma maneira de controlar um pouco a quantidade de comida no jantar, porque vai dar maior saciedade”, comenta Flavio Cadegiani.

4- Tenha um café da manhã proteico no dia seguinte

Ainda conforme o especialista, o café da manhã do dia seguinte merece bastante atenção.

“Há estudos que mostram que mais proteína no café da manhã está associado à maior perda de peso”, informa. Portanto, consumir alimentos como ovos e queijo na manhã seguinte é uma boa alternativa.

“Um café da manhã com bastante proteína é o melhor café da manhã que a pessoa pode fazer no dia posterior ao das festas”, conclui o médico.

Flavio Cadegiani

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos