Representantes dos MPs do DF e Goiás realizam reunião para tratar do combate à dengue

Encontro foi nesta sexta-feira, 26 de janeiro. Sazonalidade infantil e mobilidade urbana foram outros assuntos debatidos pelos membros dos Ministérios Públicos

Para debater a atuação conjunta no enfrentamento da atual epidemia de dengue no Distrito Federal e Entorno, representantes dos Ministérios Públicos das duas unidades da Federação vizinhas estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira, 26 de janeiro.

O encontro foi coordenado pelo procurador distrital dos Direitos do Cidadão, Eduardo Sabo, com a participação de promotores de Justiça de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg), de Defesa da Saúde (Prosus) e Defesa do Patrimônio Público (Prodep). Pelo Ministério Público de Goiás, participaram o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais do Ministério Público de Goiás (MPGO), Marcelo Azevedo, e os coordenadores dos Centros de Apoio Operacional das áreas de Saúde, Educação, Infância e Juventude e Patrimônio Público.

A iniciativa da reunião foi tomada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a partir do grande aumento dos casos de dengue no DF. O encontro teve como objetivo principal o aperfeiçoamento de fluxos entre os dois estados para diminuir o número de casos da doença e o controle vetorial do mosquito. O representante do MPGO apresentou informações sobre a situação da dengue no estado e da estrutura disponível para atendimento médico dos infectados.

Os representantes dos dois Ministérios Públicos discutiram ainda estratégias de atuação em relação à sazonalidade das doenças respiratórias infantis e a questão da mobilidade, a fim de fortalecer a integração de serviços prioritários para a população dos dois estados. Os dois órgãos possuem acordo de cooperação, em vigor desde agosto de 2022, para atuação conjunta nas áreas de saúde, segurança pública, meio ambiente, infância e juventude, cidadania, consumidor e patrimônio público. Também foram debatidos outros assuntos de interesse dos moradores de Goiás e do DF.

O procurador distrital dos Direitos do Cidadão, Eduardo Sabo, destacou a importância da parceria entre os órgãos do DF e Goiás para realizar um amplo combate à dengue, com ações integradas de prevenção e o fortalecimento da rede de atendimento médico. “Com o atual cenário de epidemia, existe a necessidade de maior integração de serviços. Nesse contexto, os MPs se comprometeram a intermediar o diálogo entre as secretarias de saúde para que possa haver um aperfeiçoamento dos fluxos entre os dois estados. E além da dengue, também chamamos a atenção na reunião para a assistência nos casos das doenças sazonais infantis”, declarou Sabo.

Também participaram da reunião os promotores de Justiça da Proreg Bernardo Matos, Cláudio Freire e Lívia Rabelo; da Prosus Hiza Carpina e Marcelo Barenco; e da Prodep Lenna Daher e Alexandre Salles. Pelo MPGO, os promotores de Justiça e coordenadores dos Centros de Apoio Operacional: Vanessa Goulart, da área de atuação da Educação; Lucas Ferreira, da área do Patrimônio Público e Terceiro Setor; Pedro Florentino, da Infância e Juventude; e Marlene Bueno, coordenadora da área da saúde.

Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos