Confiança do Consumidor cresce nos bares e restaurantes, segundo FGV


 Após um início de ano desafiador, o setor de bares e restaurantes recebe um sopro de otimismo: o ICC (Índice de Confiança do Consumidor) divulgado pela FGV subiu 1,6 pontos – registrando a primeira alta em 2024.

Esse crescimento, ainda que tímido, acende a esperança de recuperação para um setor que ainda enfrenta adversidades por conta da pandemia. Apesar da melhoria, o resultado ainda é preocupante: o índice chegou a 91,3 pontos, passando de “pessimista” para “moderadamente pessimista.”

O primeiro semestre é crucial para os bares e restaurantes, com datas rentáveis para o setor, como a Semana Santa, o Dia das Mães e o Dia dos Namorados, que tradicionalmente impulsionam as vendas. O aumento da confiança do consumidor nesse período é um indicativo positivo, sugerindo que os brasileiros podem estar mais dispostos a gastar mais.

“Apesar dos desafios enfrentados no início do ano, incluindo a alta da alimentação e bebidas, principais insumos dos bares e restaurantes, o setor mostra sinais de resiliência. Em janeiro tivemos uma baixa no faturamento: nossa pesquisa mais recente indicou que 29% dos estabelecimentos operaram em prejuízo", revela Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel.

"Porém, o Carnaval ajudou a amenizar esse impacto e a expectativa é que outras datas como Semana Santa, Dia das Mães e Dia dos Namorados deem ainda mais alívio. Espera-se que, com a melhora nos indicadores econômicos e o aumento da confiança do consumidor, possa haver uma recuperação significativa nos próximos meses”, completa Solmucci.

Os empreendedores do setor também estão otimistas com a confiança dos consumidores. Considerando as datas comemorativas que se aproximam, alguns já até projetam contratações para dar conta da demanda.

"Nesse primeiro semestre, tem duas datas extremamente rentáveis para quem empreende no nosso setor. O Dia dos Namorados é o nosso Natal, é a melhor data do ano", diz Paulo Gaúcho, proprietário do grupo CDG, rede de estabelecimentos que incluem restaurantes e bares no Paraná.

"O Dia das Mães, que é a segunda melhor data comemorativa para os negócios. Para suprir a alta procura nesses períodos, na empresa nós até dobramos a quantidade de funcionários”, completa Paulo.

Segundo dados do índice Abrasel-Stone – que mede o volume de vendas no setor – em fevereiro houve um aumento de 2,2% em fevereiro, ante uma queda de 5,1% no volume das vendas em janeiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos