GPA projeta crescimento de 20% na venda de Pescados nesta Páscoa

 

Varejista aposta em frutos do mar e outros tipos de peixe além do bacalhau, como salmão e tilápia




 

São Paulo, março de 2024 – A Páscoa é uma das datas mais importantes em vendas para o varejo alimentar brasileiro e o principal mês para o comércio de pescados, que ganha protagonismo na mesa dos brasileiros durante os almoços da Sexta-feira Santa e do domingo de Páscoa. Por este motivo, as lojas do GPA, controlador das redes Pão de Açúcar e do Extra Mercado, já estão abastecidas com opções de peixes que atendem a todos os gostos e perfis de clientes. A expectativa é crescer 20% em vendas neste ano, na comparação com a Páscoa de 2023 e mantendo o mesmo volume disponibilizados no ano passado, com uma oferta de mais de 2 mil toneladas para todo o Brasil.

 

Ambas as redes dispõem de rico sortimento de bacalhau. No Pão de Açúcar, as apostas passam pelas preferências tradicionais dos clientes da supermercadista, que são Filé de Tilápia e os Cortes de Salmão. A rede conta, ainda, com uma variedade ampla de frutos do mar frescos e congelados, como Camarão, Lula e Polvo. Além disso, o Pão projeta que a venda do sushi de fabricação própria, reconhecido pelos clientes como um ótimo custo-benefício, também será uma grande alavanca de vendas, especialmente na semana da Páscoa. 

 

Já no Extra Mercado, peixes frescos e mais acessíveis, como a Cavalinha e a Sardinha são os destaques. A rede também espera que o camarão cinza fresco, comprado diretamente dos produtores do Nordeste brasileiro, tenha grande procura e adesão dos clientes. O Extra conta, ainda, com os pescados congelados de importação própria: Filé de Merluza, Filé de Panga e Filé de Polaca.

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos